The Last One

Hey there...

Vez ou outra alguém me cobra o fim do blog. Demorou, mas saiu.
Mais de um ano desde a última postagem. Peço sinceras desculpas a você que acompanhou o blog. Muitas devem até ter desistido.
Vou fazer esse post respondendo algumas perguntas que eu acredito que tenham ficado.

1. COMO FOI A MUDANÇA PRA SEGUNDA HF?
Depois do meu último post eu estava na ansiedade de ir pra nova família, arrumar minhas coisas, me despedir. Minha primeira host family me emprestou o carro pra ir pra Manhattan levar minhas coisas que eu não precisaria nos Hamptons. Foi legal, conversamos um pouco, voltei pra casa. E foi estranho. Com todos os problemas que eu tinha na minha primeira hf, lá era minha casa.
Dia 28 de julho eu fui pros Hamptons. Casa muito legal. A menina estava no CAMP e só o menino estava lá.
A adaptaçao foi dificil. Minha segunda fofa nunca tinha tido au pair e não estava acostumada com nada. No primeiro dia ela simplesmente saiu a noite e me deixou com o menino (nos 3 primeiros dias a au pair nao deve ficar sozinha com as kids). Como eu já era macaca velha eu nem reclamei.
Outro problema era o schedule. Ela colocava a hora de comaçar e nunca a de parar. Expliquei q nao era assim, q eu precisava saber qnd comecava e qnd parava. A vdd é que ela tinha uma amiga q tinha au pair e essa amiga era daquelas hosts beeeeem folgadas.
Minha host foi se adaptando, mas a vdd é q ela era uma pessoa muito desorganizada. Eu ia p Ny todo fds e um dia eua cordei as 3 da manha e tinha email dela me pedindo p trabalhar sabado. Eu so fiquei pq ela disse q me daria a semana seguinte off e pq eu nao tinha comprando passagem, mas expliquei que não era assim que a banda tocava. E ela entendeu. Ela não era maldosa, só não estava acostumada. Sempre pedia mil desculpa.
Outra coisa q me deixava fula era a regra de não usar o cel qnd tava trabalhando. Gente, eu não ficava de papo com as pessoas, mas estando a 5 mil milhas de distancia da minha familia eu vou sim checar meu telefone. Pq? pq se acontece alguma coisa ver uma msg agora ou em dez horas pode fazer a diferença. E eu tinha muito liberdade na primeira HF, o q me deixou mal acostumada, confesso. Expliquei isso p ela, ela não gostou, mas nunca mais me encheu.
Depois de um mês as coisas estavam mais acertadas.

2. E AS NOVAS KIDS?
A menina é a coisa mais linda do universo. Ela e a minha kid mais novas da primeira hf disputam meu coraçao de igual pra igual. Eu digo q ela me via quando eu estava invisivel. Se eu estava triste, se eu tava mal, ela sempre percebia. Ela brigava com o irmao se ele me dava trabalho. Ela é sensível, amavel e precisa de carinho. Eu me sentia mal pq mais de uma vez eu via o menino ter vantagem sobre ela. Nao vou entrar em detalhes, mas ficava claro q ela não era a preferida. No começo foi dificil, pq ela chegou do camp e estava timida. Dps ela me contou q eh pq ela sentia q eu já era amiga do menino e não tinha espaço p ela. Mas dps criamos uma relaçao maravilhosa. Só de escrever eu choro...Eu adorava ve-la dançar, ajuda-la com a tarefa, cozinhar com ela. Eu fazia tudo q podia pra ficar com ela. Eu amo aquela menina.
O menino....bom....ele é dificil. Muito. A mae fica em casa e ele tem total controle sobre ela. Ela faz birra como uma criança de 3 anos. Mas ele tem 6. Qnd eu tava sozinha com ele era beeeem mais fácil, mas a mãe ficava muito em casa. Os fofos reconheceram q eu ensinei demais a eles e q o menino mudou demais por minha causa, mas ainda assim, o comportamente dele, NA MINHA OPINIAO, está longe de ser normal. Novamente, não vou entrar em detalhes, só vou dizer que eu não sou do tipo que reclama por nada.

3. E OS FOFOS?
Muito cabeça aberta, sempre dispostos a ouvir. Tiveram uma nanny q ate dormia com o menino, ficava lá 24/7. Então eles foram aprendendo como ter uma au pair. Eles pagavam muito bem minha hora extra, eu tinha o cartão pra comprar o que quisesse no supermercado. E no final foram maravilhosos comigo.

4. FINAL?
Sim, eu voltei. Quem me viu no insta ou face já sabe. Encerei meu programa 6 meses antes do previsto. Eu já estava querendo voltar antes, porque minha irmã ficou gravida e eu queria estar aqui qnd o bebe nascesse. Eu já não estava mais muito feliz com a minha vida lá, o menino realmente me deu um hard time...Eu estava aguentando porque queria fazer algumas viagens, estudar...Mas em dezembro eu recebi a notícia que uma tia minha estava doente, muito doente. Ela nunca foi do tipo q me pedia pra voltar, ela sempre me apoiou em tudo, ela me deu uma grana pra ir. Ela doente e eu viajando e tirando foto sorrindo? Não fazia sentido pra mim, decidi então voltar.
Minha segunda hf foi maravilhosa. Expliquei a situacao e pedi p eles pedirem o rematch, assim as minhas chances da agencia pagar a passagem seriam maiores. E eles aceitaram na hora! Motivo: eles era desorganizados demais, eu organizada demais e estava dificil todo mundo ficar feliz rs
A agencia me deu canseira. A coordenadora era uma grossa. Um dia eu deixei a menina na dança, mas fiquei na escola pq ela me ligou. A menina saiu da aula e veio falar comigo. A mulher "Pq vc me ligou se esta trabalhando?" e eu respondi "pq minha host ta puta q ngm ligou p ela p fechar o rematcha ainda e ela esta perdendo tempo p achar outra menina, ela pediu p eu ligar". O q era vdd. Combinei com a hf 3 semanas de rematch, pq eles tinham uma viagem marcada e não queriam deixar as kids com uma au pair nova. Dai minha fofa chegou na escola e eu, chorando com as grosserias da mulher, disse q ia fazer meu pai pagar a passagem pq nao queria briga. Ela olhou p mim e disse "Vc nao quer briga, mas eu quero. Eles vao pagar sua passagem. E eles nao querem brigar comigo, pq meu dinheiro tá la.".
Contar pras kids foi MTO dificil. P menina, na vdd. Ela chorou e aquilo partiu meu coraçao. Novamete minha fofa foi otima, me mandou email dizendo q eu tinha sido otima p eles, q familia vem primeiro, q nao era o fim, q nos nos veriamos de novo.

5. COMO FORAM AS SEMANAS DE REMATCH?
TENSO! Eu não querendo familia e apareceram vaaaaaarias. Uma da California, maravilhosa. A mulher me queria de todo jeito. Minha primeira fofa me ajudando, tentando fazer parecer q eu nao era uma boa, e a mulher insistindo q achava q eu tinha perdido minha confiança, mas q eu era uma boa opçao de match rs Ela mandava msg "a mulher ta falando isso! o q eu falo?". Ela nao podia falar nd de mto ruim pq ia dar na cara "ue, a menina é doida e bebada e vc deu carta de recomendaçao e deixou suas filhas por um ano com ela?".
Quando essa mulher finalmente desistiu, meu ultimo dia de rematch, ainda apareceu outra familia. Eu disse q nao me sentia confortavel cuidando de babys. P outra familia eu disse q preferia babys. rs E no final da tarde do dia 2 de fev a agencia me ligou dizendo q infelizmente eles iam comprar minha passagem. Eu chorava e dizia "td bem, eu entendo, eu tive mais tempo ate q o normal", mas tava explodindo de felicidade.

6. MAS E O BOFE?
Pois bem. Em novembro do ano passado ele recebeu uma proposta irrecusavel de emprego...em LOS ANGELES. Eu chorei muito! Passei uma semana chorando. Fiquei arrasada. Mas nao tinha como falar p ele nao ir, afinal, eu já estava planejando ir embora antes do programa acabar mesmo.
Nosso relacionamento começou a desandar, as difereças clturais ficaram mais evidentes. Mas ainda assim em dezembro eu fui pra OHIO passar Natal e ano novo na casa dos pais dele. E foi maravilhoso. Eu e ele eramos como antigamente, a familia dele é maravilhosa, foi demais. E eu vi pela primeira vez q eu ficaria lá. Que com eles a minha vida não seria tão dificil. Eu, q falava em alto e bom som q jamais ficaria, percebi q queria ficar.
Mas o Dan não está na mesma pagina. Ele nao ta em pagina nenhuma alias. Nao q eu quisesse casar já, ate pq eu tinha q voltar. Mas eu queria saber q isso era um plano comum. Eu queria q nos fizessemos planos. E ele tá longe disso.
Eu voltei e continuamos nos falando. Mas dps de dois meses aqui eu terminei. Amor nao vive de lembranca. A gente nao precisava se falar todo dia, mas precisava se falar ne? E conversa de qualidade, dividir as bobeiras. E ele atolado e focado demais no trabalho. O q eu entendo, é a oportunidade da vida dele, ele trabalha com musica em LA. Mas eu nao posso ficar esperando ele decidir o q qr da vida e abrir espaço na vida dele p mim. Eu estava disposta a voltar, a ficar ilegal, a ser nanny p sempre. E ele estava disposto a q? CRI....CRI...CRI... A gente nunca falou em casar, se vai ter 2 ou 3 filhos, se tera cachorros. Eu tenho 27 anos. Nao da mais p namorar so p falar q namoro.
A gente ainda conversa. Ele diz q vem pra ca, fala comigo do mesmo modo q antes. Mas eu não estou mais parada esperando. Eu estou seguindo minha vida. Talvez um dia ele se resolva, talvez nao seja tarde. Mas eu nao estou esperando.
No começo foi muito dificil. Hoje eu so fico triste. Tanto amor q vai acabar em nada. Mas a gente nao sabe o q Deus tem planejado e eu confio Nele.

7. COMO TA A VIDA AGORA?
Agora tá se arrumando, mas olha, foi tri-foda! Eu voltei sem ter uma vida aqui, sem emprego, na casa dos meus pais, com gente entrando no meu quarto sem pedir. Até o silencio me fazia falta. Aquilo de saber q eu estava off e nao precisava falar com ngm.
Sinceramente, acho que vou sair do pais novamente em no maximo um ano. Comecei recentemente a dar aulas de ingles e pretendo juntar uma grana.
Meu sobrinha nasceu e é a luz da minha vida. Ele é a coisinha mais linda do uiverso!
Minha tia está fazendo tratamento, saberemos se está tendo resultado no proximo mes. Mas eu estou animada. Qnd eu cheguei ela estava bem deprimida, hoje ela já é a tia que eu conheço, fazendo piada, falando bobeira, brigando com a gente.

8. VOCE AINDA TEM CONTATO COM SUAS HFS?
Sim! A primeira fofa é uma amigona. Sinto falta dela demais! E ela disse q se eu qusie voltar as portas estão abertas e as duas meninas vao estar na escola, ficaria so a baby p mim rs A gente sempre conversa. Eu sei q sair de la foi a decisao certa e nao me arrependo, talvez se eu tivesse ficado nossa relaçao nao seria tao boa hoje, mas ela é uma pessoa maravilhosa. Eu vejo foto das minhas meninas e choro. A au pair q esta la tbm é uma linda, viramos amigas de internet. Outro dia ela mandou audio e eu respondi, dai as meninas ouviram minha voz e quiseram me ligar. Tive q engolir o choro viu?
Com a segunda hf eu tenho um pouco menos de contato, pq odeio a nova au pair-cara-de-cu. Mas liguei nos aniversarios, trocamos emails as vezes...e sei q se eu quiser voltar eles me aceitam, mas é q...ne? entao rs


9. MORAL DA HISTORIA?
Eu me vi recomendando o programa semana passada pra uma menina. Eu recomendo sim o programa. Nao é facil, mas eu no final não posso reclmar. Tive sorte com minhas duas familias. Mesmo com algumas coisas ruins, as coisas boas superaram demaaaais.
Morro de saudade do meu tempo de au pair. Outro dia estava relendo os emails com minha primeira hf. Sinto falta daquela emoçao, da esperança, das descobertas. Falei p au pair da primeira familia q mesmo ela duvidando, ela vai sentir falta das meninas, ate da mais peste rs
Fiz otimas amizades, vivi um grande amor, viajei, fui feliz.
Aproveitem cada minuto, tirem fotos! Organizem sem tempo, façam planos e estabeleçam metas.

10. E SE EU QUISER PERGUNTAR MAIS?
Se alguem ainda estiver ai, posta nos coments q eu respondo. Quero agradecer a todas vocês por serem parte dessa experiencia louca e maravilhosa. Fiz grandes amigas graças a esse blog!
Não acompanho muito blogs mais pq confesso que da uma dorzinha de inveja rs Mas estarei sempre torcendo por vcs e ajudando como puder.

Fiquem com Deus! Um beijão no coraçao de cada uma de vocês!

Um comentário:

  1. post lindo :))))
    mais do que certo tu vir dar satisfação hahaha
    e eu to me sentindo porque ja sabia de tudo :p rs
    tu sabe ne, to sempre torcendo por ti! Tu merece tudo de bom, e tenho certeza que ótimas coisas estao por vir :D

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.

Followers

Blog contents © Au pair 2013! 2010. Blogger Theme by NymFont.